Notas para o estudo das ideologias linguísticas:

sobre as representações do inglês na Argentina

  • Elvira Narvaja de Arnoux

Resumo

As ideologias linguísticas podem ser abordadas considerando os comportamentos linguísticos e as maneiras pelas quais se referem a diferentes aspectos do contexto ou enfocando os discursos que tematizam a linguagem. Em ambos os casos, as apreciações metalinguísticas e metapragmáticas referentes a diferentes objetos sociolinguísticos e as condições de produção e circulação das declarações são particularmente significativas. Na primeira parte do artigo, vamos nos concentrar em uma cena glotopolítica, na qual as palavras proferidas por um líder sindical mostram as línguas em uma oposição, que não se pode inferir graças aos dados do contexto, entre o espanhol e o inglês. Na segunda parte, vamos considerar uma série de minutas de um Acordo-Marco destinado a regulamentar o ensino de línguas estrangeiras na década de noventa. Suas hesitações iniciais e as decisões tomadas mostram as negociações próprias do processo de elaboração do documento e as representações referentes ao inglês e às outras línguas. Por fim, indicaremos como são retomados, no estágio atual, os ideologemas dos anos noventa.
Publicado
2018-07-24